Data as a Service (DaaS) na área fiscal: entenda os benefícios para o seu negócio

9 de janeiro de 2023

As soluções de Data as a Service na área fiscal ajudam empresas a terceirizarem de forma digital o trabalho de ingestão, tratamento e apresentação de dados fiscais, de forma a superar sua complexidade e amplificar sua utilização. Assim, passam a prover acesso a informações úteis aos mais diversos usuários que as utilizam como insumo para a tomada de decisões estratégicas. Entenda.

À medida que as companhias aderem à nuvem para modernizar sua infraestrutura de TI e otimizar os processos de negócio, o Data as a Service – DaaS, se tornam um recurso cada vez mais popular. 

Para além da fama, soluções de dados como serviços são essenciais para empresas que estão abraçando o uso de dados para alcançar resultados, seja como apoio à tomada de decisões, para obter insights de negócios que levam a melhorias ou otimizar operações.

Utilizar dados e tecnologia para gerar vantagem competitiva pode ser um desafio; neste cenário, as soluções de Data as a Service são aliadas. Ao adotar o DaaS, as empresas podem ganhar agilidade nos processos de trabalho, reduzir o tempo de extração de dados relevantes, garantir integridade e aumentar a confiabilidade dos dados

Essa lógica, aplicada à área fiscal, pode ser revolucionária não somente para a área de tax, mas especialmente para os negócios. Continue a leitura e entenda. 

Data as a Service (DaaS): o que é? 

O Data as a Service (DaaS) é um modelo de negócios que se baseia no uso de ferramentas digitais em nuvem (softwares ou sistemas) para ingerir, armazenar, integrar, ofertar e gerenciar dados gerados por empresas e pessoas

No universo corporativo, o modelo DaaS permite que as companhias terceirizem armazenamento de dados, integração, operações de processamento e serviços analíticos na nuvem, eliminando a necessidade de instalar e gerenciar softwares locais.

Assim, gestores e analistas podem extrair destes dados as informações necessárias para a tomada de decisão e para a gestão de negócios focada em resultados. Também a partir dos dados fornecidos por plataformas digitais, as companhias podem garantir o compliance, atender a fiscalizações, otimizar processos, dentre inúmeros outros benefícios.

Os provedores de dados como serviço fornecem os dados solicitados aos seus clientes por meio de interfaces m2m (machine-to-machine), das seguintes maneiras:

  • Provedor de Data as a Service: uma empresa que fornece dados solicitados a outra empresa por meio de interfaces m2m.
  • Provedor de tecnologia para provedor de DaaS: um fornecedor de tecnologia que permite que outra empresa forneça ou obtenha seus dados como serviço. 

Em ambas as formas, no mundo corporativo o Data as a Service é uma estratégia de gerenciamento de dados em nuvem que oferece acessibilidade de dados de fontes diversas para beneficiar o negócio e as pessoas. Assim, uma solução DaaS é um poderoso recurso para:

  • Fornecer insumos para a tomada de decisões estratégicas ou táticas, em todos os níveis da organização;
  • Ajudar a promover insights para o negócio, a partir de informações e dados históricos; 
  • Identificar riscos e oportunidades de ganhos;
  • Promover melhorias nos processos de negócio.

Por que as companhias aderem (ou deveriam aderir) ao Data as a Service? 

O Data as a Service vem sendo considerado um caminho para transformar os negócios por meio de inteligência competitiva. Os serviços DaaS permitem que a companhia acesse facilmente dados relevantes, análises e informações gerenciais e possa capacitar seus usuários para usar dados de forma inteligente.

Apesar de ser similar ao chamado Software as a Service (SaaS), o Data as a Service vai além: o produto final não é a ferramenta, mas sim os dados que ela gera

Os dados, quando devidamente organizados, categorizados, estratificados e hierarquizados, têm valor inestimável para qualquer empresa. É a partir de informações acessíveis e confiáveis que as decisões corporativas são (ou devem ser) tomadas para melhorar a performance e obter vantagem competitiva.

Estes podem parecer benefícios de longo prazo, e muitas vezes são. Mas há também os ganhos imediatos da adoção de uma solução Data as a Service

Agilidade e Produtividade

A solução DaaS aumenta a velocidade para acessar dados necessários no dia a dia das empresas e em suas diversas áreas, pois apresenta os dados e analytics de maneira flexível, simples e confiável. 

Os usuários podem realizar suas tarefas e atuar com mais agilidade, sem a necessidade de conhecimento técnico sobre como os dados são armazenados ou indexados. Ou seja, significa informação relevante de forma rápida, simples e, principalmente, confiável.

Redução de custos e facilidade de implantação

As corporações podem usar o DaaS para obter dados relevantes sem investir em sistemas e pessoal para gerenciá-los. Os dados ficam armazenados em segurança na plataforma. Isso gera uma economia nos custos de operação e manutenção. 

Como toda a operação acontece na nuvem, a implantação tende a ser simplificada. 

Qualidade dos dados 

Os usuários acessam os dados por meio da plataforma ou do provedor de dados. Como se trata de um serviço de dados, o rastreamento de alterações, erros ou inconformidades é mais fácil, o que leva a melhorias na qualidade dos dados e, consequentemente, em sua confiabilidade

Flexibilidade

Um outro benefício do Daas é que ele é muito mais flexível. Isso porque o DaaS pode ser personalizado instantaneamente com recursos adicionais para se adequar a específicas cargas de trabalho e volume de dados.

Além disso, sua flexibilidade também está associada ao acesso, que pode ser realizado de qualquer lugar com acesso à internet. Na era do trabalho remoto, isso é imprescindível.

Data as a Service (DaaS) aplicado à área fiscal 

Na área fiscal, o Data as a Service é uma consequência natural da tax transformation e pode revolucionar a gestão estratégica de tributos nas organizações.

Soluções DaaS aplicadas à área fiscal possibilitam à companhia desenvolver inteligência de negócios na gestão de impostos, pois simplificam a captação, o armazenamento, a integração, a padronização e o gerenciamento de dados fiscais.

A partir da contratação de uma solução de Data as a Service, é possível unificar em uma única plataforma diferentes fontes de dados fiscais e criar automação de análises (Data & Analytics). Assim, os profissionais de qualquer área da companhia que demandam informações sobre a movimentação de tributos se beneficiam diretamente, pois podem ter acesso a:

  • Dados fiscais mais relevantes para o negócio, de forma ágil, estratificada e hierarquizada, para tomar decisões ou gerar insights estratégicos;
  • Informações necessárias para identificar oportunidades de melhoria ou redução de carga tributária, e riscos associados;
  • Histórico de transações que geram impostos, facilitando a construção de estimativas e projeções;
  • Detalhamento de transações para atender a fiscalizações, identificar erros, confirmar premissas e parâmetros, fazer Análises de Variação, dentre outros objetivos;
  • Dados para ajudar a definir metas, traçar estratégias e estimar provisões para a área de impostos;
  • Informações para montar apresentações e comunicar resultados.

Desafios da implantação de uma solução DaaS para a área fiscal

Só é possível obter sucesso na implantação de uma solução DaaS se a companhia incorporar, de fato, uma cultura data-driven e abraçar o uso de dados fiscais como insumos para apoiar a tomada de decisões relacionadas não somente à área de tax, mas de toda a organização.

É necessário liderar a transformação de uma cultura organizacional tradicional para uma cultura orientada a dados, como forma de desenvolver uma inteligência coletiva e melhorar a gestão da informação. 

Assim, o resultado não é apenas uma otimização de processos e gestão de tributos, mas também uma melhoria na performance da organização.

Vamos conversar sobre Data as a Service

Conheça o Nutax Analytics, uma solução da Nutax que funciona como um Data as a Service. Trata-se de um serviço mensal que contempla uma aplicação permanente dos processamentos e análises feitas nos projetos de performance.

Vamos conversar?

Compartilhe: