Metas para gestão de impostos: porque elas são fundamentais e como estabelecê-las

setembro 14, 2020

Metas para gestão de impostos: porque elas são fundamentais e como estabelecê-las

Definir metas para a gestão de impostos é uma forma de priorizar desafios e engajar a sua equipe em prol dos mesmos objetivos. Entenda todo o processo para estabelecê-las.

 

Um ponto fundamental a se destacar quando se fala em gestão de impostos: este é um trabalho baseado em processos e no time de gestão, que tem que apurar e recolher impostos todos os meses, enquanto dá suporte à expansão do negócio, a novas linhas de produto, fusões e aquisições e ao planejamento estratégico da empresa.

Para que todo esse trabalho seja bem-sucedido, é fundamental traduzir os desafios em metas.

“Assim você passa a gerir processos e projetos com base em planejamento e execução, o que permite  entender se seu planejamento estava adequado e se suas premissas se verificaram na prática”, reforça Fernando Silveira, CEO aqui da Nutax.

Metas claras e objetivas são uma maneira de priorizar os desafios do trabalho, que são sempre maiores que os recursos disponíveis. São uma forma de deixar claro, para a equipe e para os clientes, quais são os seus propósitos e de engajar as pessoas para resolver problemas e entregar resultados. O processo de planejamento, execução e correção de metas, executado ano a ano, semestre a semestre, sprint a sprint, resulta em equipes e negócios eficientes, capazes de se adaptar às mudanças do ambiente. 

 

Mas, na prática, como se definem tais metas?

Nós da Nutax destacamos 3 dicas valiosas a seguir: 

 

1. Crie metas desafiadoras, porém atingíveis: elas miram na melhoria de performance do negócio mantendo a equipe engajada. Mas vale lembrar: gente boa gosta de bater meta. Por isso, se as metas forem absurdas, elas ficarão frustradas e, consequentemente, não vão se engajar. Ao mesmo tempo, se as metas forem frouxas, elas não se sentirão desafiadas e o negócio não crescerá. É preciso encontrar equilíbrio.

 

2. Bom desdobramento horizontal: é preciso entender e estabelecer quais áreas do negócio vão compartilhar as metas com a equipe de gestão de impostos para que os objetivos sejam atingidos. As metas podem ser compartilhadas com vendas, logística ou tecnologia, por exemplo. É importante garantir também que as metas do time de impostos estejam alinhadas às prioridades do negócio.

 

3. Metas alinhadas com os objetivos da empresa: para isso, você tem que entender como as metas de impostos colaborarão com as metas da empresa como um todo. Se a companhia tem uma meta X de EBITDA, como a meta de tax pode contribuir positivamente ou não impactar negativamente nos resultados? Por exemplo. 

 

Com as metas definidas, é preciso dividi-las entre o time de gestão de impostos, como exemplificamos abaixo.

Exemplos de metas para equipes de gestão de impostos:

Função Operacional:
  • indicadores de apuração correta e pagamento no prazo dos tributos;
  • redução de erros (que podem ser mais comuns do que deveriam ser);
  • manutenção das certidões negativas de débitos fiscais;
  • participação em projetos estratégicos (sim a equipe que cuida da operação precisa ajudar na validação dos projetos, porque são eles que vão cuidar da nova rotina);
  • cumprimento das obrigações corretamente e no prazo;

 

Função Tática:
  • atingimento dos resultados projetos de Ebitda e Caixa de impostos;
  • metas relacionadas a gestão da equipe e aos recursos de tecnologia;
  • engagement, treinamento e desenvolvimento do time; 
  • projetos de eficiência e inovação com adoção de tecnologia;
  • suporte a projetos estratégicos de negócio (M&A, reestruturações, novos negócios, etc);
  • projetos de atendimento a regras e normas tributárias;

 

Função Estratégica:
  • planejamento estratégico de impostos para os próximos 1,3 e 5 anos;
  • resultados efetivos dos tributos: alíquota efetiva e fluxo de caixa de impostos, capturas de incentivos fiscais, etc;
  • acompanhamento e análise de resultados (metas de disclosure, de acurácia de forecasts e análises de cenários);
  • projetos de eficiência na gestão de impostos; 

 

O problema de não se ter metas bem definidas recai sobre a dificuldade de gerenciar a sua equipe e, portanto, de se ter processos que atendam com qualidade o negócio. Isso porque a ausência de prioridades claras pode resultar em dificuldade de alinhamento entre as pessoas da equipe ou entre a equipe fiscal e as demais áreas do negócio.

Para definir de forma eficiente e específica as metas da sua empresa, a Nutax Digital te ajuda a analisar sua performance de gestão de impostos, a definir objetivos e a entregar os resultados. 

Entre em contato com nosso time de especialistas, clique aqui.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais conteúdos…